A Barbárie dos Tempos Modernos

terça-feira, maio 27, 2003

O mundo visto por Luiz Inácio

Em entrevista a jornalistas estrangeiros hoje no Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que mantém as mesmas visões políticas e ideológicas de sua trajetória política, mas que precisou se adaptar às exigências da vida. "Eu não mudei ideologicamente, a vida é que muda", afirmou o presidente aos jornalistas.

Percebam a visão da vida que tem o nosso presidente :

"Quando você casa, fica tudo dependendo da esposa. Se a esposa não gosta dos seus amigos, você acaba não vendo eles", exemplificou, ao comentar a situação econômica do país.

A esposa, para Lula, é o poder : depois de um longo tempo de namoro, ele conquistou o poder (a esposa), mas não pode fazer com ele (ela) o que quer, senão o (a) perde. Isso deve ser assim pelo menos no início. Depois ele criará artifícios para transformar o poder (a esposa), de forma que ele (ela) se torne dependente dele. Aí ele poderá fazer com ele (ela) o que quiser e realizar seus sonhos mais diabólicos. Numa coisa Lula está certo : ele não mudou, apenas está se adaptando à nova situação de casado. Bobos fomos nós, que assitimos ao casamento, e quando o padre perguntou se alguém conhecia algum fato que impedisse aquela união, somente um sujeito levantou a mão, mas quando começou a pronunciar " O Foro de São P...", gritos abafaram a sua voz e a troca de alianças consagrou definitivamente a relação.