A Barbárie dos Tempos Modernos

terça-feira, junho 10, 2003

Carlos Heitor Cony, na Folha , falando do presidente :

"Mas sua atuação pública ainda não convence. Fala muito, fala até demais. E diz mais ou menos a mesma coisa, atribuindo as nossas dificuldades aos outros e assegurando que "não permitirá" isso ou aquilo, como se a taxa de juros, a crise na Previdência, a distribuição de renda, a violência urbana e outros problemas dependessem diretamente de sua permissão.
Seria assombroso se Lula declarasse em suas falas ao povo: 'Meus companheiros, permitirei as injustiças, a degradação ambiental, os assaltos ao erário público e os assaltos a cidadãos indefesos'. "

Declarar assalto ao erário público seria mesmo algo inesperado, mas assalto aos bens privados ele já declarou, e já tomou as devidas providência para que isso aconteça sem derramamento de sangue. O assalto aos cidadãos indefesos será a próxima meta, que se dará através da proibição do porte de arma. Quanto às injustiças, ele não apenas já as permite com as estimula, afinal o que é essa reforma tributária além de uma grande injustiça ? Quanto à degradação ambiental, bem, o próprio Lula já é uma degradação ambiental.