A Barbárie dos Tempos Modernos

terça-feira, julho 08, 2003

Raciocínio Superficial

Do Estadão :

O presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire, criticou hoje, em Curitiba, a forma de atuação do Movimento dos Sem-Terra (MST). "Há um recrudescimento dentro do movimento desde que levantou a hipótese de que a reforma agrária era na lei ou na marra".

Para Freire, a tese da reforma agrária "na lei ou na marra" já era defendida pelas Ligas Camponesas na década de 60. Portanto, lembrou, suas críticas não são novas. "Velho comunista que sou, já dizia isso contra as Ligas Camponesas", afirmou. "E alguém já disse que isso é um filme antigo e, o que é pior, a gente morre no final."


O problema desses esquerdistas é que ficam limitados a apenas rever algumas posições anteriores. Se Roberto Freire tivesse um pouco de honestidade intelectual, tiraria muito mais conclusões do seu raciocínio do que somente essa que expôs.