A Barbárie dos Tempos Modernos

segunda-feira, dezembro 29, 2003

Teimando em ir à missa

Já falei aqui sobre minhas experiências com missas. Volto ao assunto porque, teimoso que sou, resolvi passar por mais uma. Afastado de casa, pedi informações à minha irmã e fui a uma Igreja próxima. O padre começou bem, discorrendo sobre obediência, perdão e amor. Citou Santo Agostinho, Santo Irineu e São Justino. Explicou como a falta de autoridade dos pais vem criando verdadeiros monstrinhos em nossa sociedade. Nem conseguia acreditar. Aquilo era mesmo uma maravilha ! Seria mesmo possível ? Não era sonho ?

Sim, era. E virou pesadelo logo em seguida : como vocês sabem, a mãe não tem a mesma importância do pai devido ao machismo daquele tempo. O machismo contaminou até mesmo o Gênesis, onde Eva não apenas aparece como um mero acessório de Adão, como também é considerada culpada por ceder à tentação. Será que aquele senhor percebeu que chamou Deus de machista ? Tenho minhas dúvidas, porque ele disse tudo sorrindo. Não consegui mais me concentrar. Passei o resto da celebração rezando e pedindo a Deus que me ajudasse a não cair em desespero.