A Barbárie dos Tempos Modernos

sexta-feira, janeiro 23, 2004

A Crença dos Ateus

Infelizmente o post que prometi não ficou como eu imaginava. Tanto o modifiquei que acabou ficando bem distante do assunto abordado no link indicado.

Só existe cultura porque o homem acredita em Deus. Não há exemplos na história de culturas produzidas por ateus. Se um ateu é capaz de contribuir de alguma forma para o crescimento cultural é por ter absorvido inconscientemente o espírito deísta ou teísta de sua época e ter sido capaz de traduzi-lo em arte, ainda que não admita a influência.

O que não quer dizer que todos os povos que acreditaram em Deus tiveram uma grande cultura. Muitos deles produziram uma cultura medíocre. Mas o fato é que não existe cultura sem Deus. Nem medíocre.

Considerando que é a cultura que diferencia o homem dos animais, não é absurdo achar que ela seja fruto de uma abstração humana? Não parece estupidez acreditar que Deus á apenas resultado da imaginação dos homens quando se sabe que foi justamente essa imaginação que os levou a criar o que há de mais importante para eles e para o mundo, que é a sua cultura? Não parece uma imbecilidade crer que aquilo que caracteriza os homens seja resultado de um distúrbio psicológico? Sim, porque achar que Deus é apenas um ser inventado por nós para que tenhamos a quem recorrer em nossos momentos de dor e sofrimento, é o mesmo que afirmar que a cultura é um distúrbio de consciência.

Acreditar, por exemplo, que Jesus Cristo foi apenas um homem de carne e osso como qualquer um de nós e que o Cristianismo é apenas o resultado de invencionices criadas em torno da figura de Jesus é achar que toda a cultura ocidental é uma mentira.

Para que o homem possa acreditar no homem, é preciso que acredite primeiramente em Deus. Um ateu, por exemplo, diz que não tem provas da existência de Deus, mas tem provas de que o homem existe, por isso acredita no homem mas não acredita em Deus. Em resumo, o que ele está dizendo é que só acredita no homem sem Deus. E quem é o homem sem Deus? Não é o homem. O homem sem Deus ou não existe ou é resultado de uma ilusão. Sim, porque o homem é aquilo que fez, e tudo que ele fez foi em nome de Deus. Se Ele não existe, então o homem também não existe, e se Deus á apenas uma ilusão, o homem também é simplesmente uma ilusão.

Pelo que foi exposto, está provado que todo aquele que não acredita em Deus não acredita nem nele mesmo. Se nem ele acredita nele próprio, quem será capaz de acreditar? É por isso que Chesterton disse que o homem que não acredita em Deus acredita em tudo. Se ele acha que tudo é apenas uma ilusão, o que o impediria de acreditar no que quer que fosse? Na ilusão, tudo é possível. No fundo, o ateu é um bobinho que acredita em ilusões.