A Barbárie dos Tempos Modernos

terça-feira, fevereiro 10, 2004

Não acreditar em milagre também é burrice

É fato que existem uma infinidade de fenômenos que a ciência não consegue explicar. Se ela os explicará um dia é outro problema. O certo é que não os explica atualmente. Para exemplificar: há milhares de drogas cujo mecanismo de ação é totalmente desconhecido. Mas não é por isso que os médicos deixam de recomendá-las, nem os laboratórios deixam de produzi-las, nem os pacientes deixam de usá-las. Eles sabem que elas são úteis e que os fazem sentir melhor, e que algumas até curam suas doenças. É o bastante.

Por que, então, não se pode aceitar que ocorram milagres? O que caracteriza um milagre do ponto de vista do fenômeno em si? O fato de não ter uma explicação racional, científica. Mas, como já foi dito, muitos outros fenômenos também não têm explicação racional, científica. Então alguns dirão: "não têm agora, mas um dia terão". Ora, o que o faz acreditar que um dia terão? Esse "acreditar que um dia terão explicação" já foge completamente do raciocínio científico. Nenhuma ciência atual pode provar cientificamente que todos os fenômenos serão um dia explicados pela ciência. Isso é, mais uma vez, pura questão de fé, a fé na ciência. E ademais, é muita arrogância da ciência achar que só o conhecimento científico tem valor, pois outras áreas do conhecimento podem proporcionar tanto ou mais conhecimento que a ciência (no caso, a ciência iluminista).

Portanto, não faz sentido dizer que milagres não podem acontecer porque não são explicados cientificamente. Seria, mais uma vez, uma burrice alegar isso. Pode-se alegar que milagres não ocorrem porque são frutos da fé em Deus, mas para isso seria necessário que fosse provado que é impossível que Deus exista, o que é muito mais difícil (na verdade, é impossível) do que provar que Deus existe. E mais: se os cientistas têm fé no desvendamento de todos os fenômenos pela ciência, por que eu não posso ter fé em Deus e acreditar que milagres existem?

E mais: os milagres estão previstos nos próprios manuais médicos. Dê uma checada no percentual de mortalidade de pacientes com determinado tipo de câncer em fase terminal: muitos registram 99, 5% ou 99,9%. Qual a explicação para alguns desses pacientes não terem morrido? Só há uma: um milagre.

2 Comments:

  • I wish not acquiesce in on it. I think polite post. Specially the appellation attracted me to study the sound story.

    By Anonymous Anónimo, at 11:46 da manhã  

  • Nice dispatch and this enter helped me alot in my college assignement. Thanks you as your information.

    By Anonymous Anónimo, at 8:05 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home