A Barbárie dos Tempos Modernos

segunda-feira, abril 19, 2004

Conceitos estabelecidos

Todo mundo sabe que aqueles que são minorias devem ter mais direitos que os outros, exceto, é claro, quando essa minoria nega que a minoria deva ter mais direitos. Essa, na verdade, é a única que não tem direito nenhum, nem mesmo de expressão. Deu pra entender?

Exemplificarei. Nunca vi garimpeiros, por exemplo, reivindicarem seus direitos de minoria, por isso a morte é um preço justo por terem invadido terras indígenas, que sempre reivindicaram seus direitos de minoria e, por isso, podem matar. Já os fazendeiros não podem matar ninguém do MST, porque, dessa vez a minoria reivindicadora está do lado dos invasores. É justo e necessário que eles invadam, depredem e destruam os bens dos fazendeiros. E estes nada podem fazer porque não são minoria nem sabem reivindicar nada.

Em ordem crescente de produção, as terras podem ser divididas em: 1) As que foram invadidas pelo MST; 2) Reservas indígenas; 3) Fazendas Improdutivas; 4) Fazendas produtivas

Portanto, quando um garimpeiro invade uma reserva indígena está apenas tornando útil uma área inútil, enquanto um Sem-Terra que invade uma fazenda produtiva ou improdutiva está apenas tornando inútil uma área útil.

***

Recente pronunciamento do Papa sobre os pobres:

"Tentados pela busca de conquistas materiais rápidas, com freqüência são levados por caminhos criminosos ou, como se constata freqüentemente em todo o mundo, unem-se a movimentos radicais que prometem mudanças sociais através da violência e do derramamento de sangue"

Ouviu, CNBB?