A Barbárie dos Tempos Modernos

domingo, abril 25, 2004

Uma história do vovô

Todos têm um avô engraçado, mas duvido que casos como este tenham lhes acontecido.

Josué foi escrivão da polícia, tendo feito amizade com vários ladrões que praticavam pequenos furtos na região, livrando-os, algumas vezes, de longas noites na prisão.

Um belo dia, quando voltavam de um sítio que ele possuía num interior, um dos pneus do carro, no qual vinham minha mãe, meu pai e meu avô, furou. Ao pararem o veículo para realizar a troca, foram abordados por um assaltante, que apontou a arma para meu pai, ameaçando-o. Ao ver Josué no banco de trás, o coitado ficou pálido, e ainda teve que ouvir essa :

- Mas Periquito ! Que decepção ! Você virou bandido, Periquito !

- Por favor, me perdoe, seu Josué, não tinha visto o senhor aí.

E depois de uma longo sermão do meu avô, Periquito disparou :

- Está bem, prometo fazer tudo isso, o senhor sabe que sua palavra é lei, mas será que dava pra me dar uma caroninha até a cidade ?

E o assaltante entrou no carro e foi conversando animadamente como meu avô até meus pais o deixarem em casa.