A Barbárie dos Tempos Modernos

sábado, junho 19, 2004

Por que não me empolgo com a impopularidade de Lula

A progressiva diminuição da popularidade do Governo Lula e do PT se deve unicamente ao que vou descrever em seguida. O cara votou no barbudo para presidente porque acreditou que ele seria capaz de colocar em prática toda aquela baboseira comunista que eles vêm divulgando há mais de 20 anos. O problema é que ela não pode ser posta em prática. Essa impossibilidade não se deve à falta de vontade dos homens ou à maldade deste ou daquele grupo de pessoas ou países. Nada disso! A impossibilidade se deve unicamente ao seguinte: é uma auto-contradição. Uma analogia servirá para explicar melhor o problema. Digamos que um determinado estado esteja passando por um período de seca. Aí vem um sujeito e diz que a solução é fazer o sol ficar mais quente, porque quanto mais quente é o sol, mais chove. Ora, seria uma maravilha se o sol, ao ficar mais quente, fizesse chover mais. Mas não é assim que ocorre, a realidade se dá de outra forma. Não só é impossível tornar o sol mais quente, como, mesmo que fosse possível, isso não resolveria o problema. Digamos que o sujeito que defendeu essa idéia fosse eleito Governador do estado. Consciente de sua solução fajuta, e desconhecedor de qualquer outra que pudesse realmente resolver a questão, providencia uns caminhões-pipa para amenizar a seca e vai tocando o barco, enquanto não encontra uma maneira eficiente de esquentar o sol. O povo, que o elegeu, passa a ficar irritado porque percebe que ele não consegue esquentar o sol, e pior, nota que todos os esforços nessa direção são inúteis. Então, ao invés de se questionarem se não seria melhor arrumar uma outra solução, tentam encontrar os motivos pelos quais o Governador perdeu a vontade de esquentar o sol depois que se elegeu. E mais: coloca a culpa nos caminhões-pipa, a única coisa realmente sensata de toda a história.

É por isso que não me empolgo nem um pouco com a impopularidade do nosso presidente.