A Barbárie dos Tempos Modernos

quarta-feira, junho 09, 2004

Sem acesso à internet

Quero agradecer ao Flamarion por ter atualizado o Oito Colunas. Fiquei sem acesso à internet todos esses dias devido a alguns defeitos em meu computador.

Nesse período, fui entrevistado por uma jornalista, que quis saber como é a experiência de viver como um excluído digital.

Qual a sensação de viver uma semana como um excluído digital?

O que posso dizer é que não é nenhuma sensação.

Mas como foi o processo? O que teve que fazer nesses dias?

Tive que passar todo o tempo lendo. Foi horrível! Falo de leitura mesmo, aquela coisa antiga de abrir livros, passar as páginas, sentir o cheiro do papel , marcar o local onde interrompemos, grifar as melhores passagens, fazer anotações nos cantinhos com uma setinha indicando a direção... Não gosto nem de me lembrar. Senti como se estivesse de volta à Idade Média.

Soube que o senhor sempre foi contra a inclusão digital. Mudou de opinião?

Claro, claro. Não podemos deixar que nossas crianças continuem aprendendo a ler em letrinhas impressas. É inconcebível!

Tenho aqui em minhas mãos um abaixo assinado protestando contra a exclusão digital. O senhor assinaria?

Claro que sim. Dê-me aqui. (...) Espere aí. Isso aí é de papel!?

Mas... qual o problema?

Retire-se, por favor, está encerrada a entrevista. A senhora não entendeu nada.