A Barbárie dos Tempos Modernos

segunda-feira, janeiro 24, 2005

Interpretando as Escrituras

Um amigo meu, que se separou recentemente, arrumou uma namorada. Confidenciou-me que não consegue se manter fiel, e até me relatou seus outros casos. Ciente de que é batista, perguntei se aquilo não lhe fazia doer a consciência. Respondeu-me que sabe separar bem as coisas. "Nisto Deus não se mete. Sexo é sexo, religião é religião."

É nisso que dá a tal da livre interpretação das escrituras. É por isso que esses jogadores de futebol evangélicos conseguem voar no pescoço do outro, quebrar sua canela no meio, tudo de forma intencional, sem um mínimo de constrangimento. Religião é religião, futebol é futebol.