A Barbárie dos Tempos Modernos

sexta-feira, fevereiro 04, 2005

Piada de esquerda

Andei pensando se seria possível fazer piada de esquerda que não se constituísse em puro xingamento, que fosse algo sutil.

Concluí que, se fosse de esquerda e quisesse criticar a economia de mercado, elaboraria uma anedota desse tipo, fazendo uma imitação grotesca do César Miranda:

Seu restaurante era conhecido pela tranqüilidade. Não era muito freqüentado, mas a clientela era suficiente para que progredisse no negócio. A fama de paz do ambiente cresceu tanto que começou a encher. Em pouco tempo, passou a também ser freqüentado pelos que gostam de agitação. Elogiavam o local por estar sempre cheio. Depois de alguns meses, os que gostavam da tranqüilidade deixaram de ir porque estava sempre lotado. Com isso, a paz voltou a tomar conta do local, o que desagradou a galera do agito, que também parou de freqüentá-lo devido à monotonia, forçando o dono a fechar as portas.